Navigation Menu+

■ Casa Átrio

Posted on jun 9, 2012 by in 02 |█ ARQUITETURA/EDIFICAÇÃO

Autor: Arq.Eduardo Faust Execução e coordenação da obra: Arq Eduardo Faust

  • Ano: 2010
  • Área construída: 450,00 m²
  • Área do terreno: 450,00 m²
  • Endereço: Jurerê, Florianópolis, SC. Brasil
  • Tipo de projeto: Residencial

Equipe:

  1. Projeto Arquitetônico: FAUST■arquitetura
  2. Projeto Luminotecnico: FAUST■arquitetura
  3. Projeto Estrutural: FAUST■arquitetura
  4. Projeto Elétrico: FAUST■arquitetura
  5. Projeto Hidro-sanitário: FAUST■arquitetura
  6. Fotografias: Romulo Ceretta

Localizada num dos endereços mais nobres e cobiçados de Florianópolis, na paradisíaca praia de Jurerê, no norte da Ilha de Santa Catarina, a residência projetada pelo arquiteto Eduardo Faust, prima pelas soluções que maximizam o conforto ambiental com eficiência energética e sustentabilidade. Este perfil de obra esta na pauta da arquitetura mundial do século XXI, mas com tantos anúncios neste âmbito como comprovar que as soluções aplicadas pelo arquiteto são realmente eficientes?

    Para garantir a sustentabilidade, a residência foi submetida a uma análise dos materiais e de índices de conforto ambiental pela arquiteta Marina Santana [Mestre em eficiência energética], seguindo os critérios do documento Requisitos Técnicos da Qualidade de Eficiência Energética de Edificações Residenciais (RTQ-R). A partir desta análise, identificou-se a classificação de eficiência energética que a residência obteria. O RTQ-R especifica requisitos técnicos para iluminação, ventilação, aquecimento de água e sistema de refrigaração.

O reconhecimento quanto à eficiência energética das construções é feita por meio do selo PROCEL EDIFICA, Etiqueta Nacional de Conservação de Energia (ENCE) para residências e edifícios multifamiliares, iniciativa do Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE), coordenado pela Eletrobrás e pelo Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro).

■ Estratégias de sustentabilidade e eficiência energética

Materiais de Fechamento [envoltória]: A laje pré-fabricada com 3cm de reboco com telhas de concreto plana fixadas acima da laje. E a laje maciça de concreto com 12cm, também com telhas de concreto obtiveram melhor desempenho quanto a transmitância e obsortância. A parede de lambris de garapeira com câmara de ar de 12cm teve desempenho notavelmente superior ao da alvenaria tradicional de tijolos com reboco extra.

Ventilação/Iluminação natural  Grandes aberturas foram planejadas de forma a otimizar a ventilação e a iluminação com o mínimo de ganho de calor. Para ventilação natural a norma tem como pré-requisito área de abertura seja 8% da área do ambiente, a média da residência foi de 37%, o fator para ventilação cruzada que deve ser maior que 0.25 chegou a 0.66.

Tabela de pré-requisito de ventilação cruzada.

Áreas de aberturas para ventilação nas fachadas

Fachada Norte

21,82 m²

Fachada Sul

7,96 m²

Fachada Oeste

0,85 m²

Fachada Leste

5,67 m²

Ventilação Cruzada

A1N = 21,81

A2(S+O+L)= 14,18

Fator = 0,66 (Fator ≥ 0,25)

A somatória das aberturas para iluminação foi de 55,55m², sendo maior que os 17,81m² exigidos, atendendo a norma.

          Aquecimento de água. O sistema de aquecimento solar gerou economia em até 90% de energia elétrica gasta com a água quente na residência. O retorno de investimento será de três anos, portanto, após o período de retorno, a energia terá somente o custo de manutenção do sistema.  

■  Brises de madeira [garapeira] desenhados para a fachada leste extenden-se para a fachada norte, auxiliando na segurança.

■ Piscina está na cota de 144cm e possui 140cm de profundidade, resultando numa estrutura mais leve por evitar o empuxo nas paredes e o esforço negativo na laje causados pelo lençol freático.

Classificação final segundo o RTQ-RO Equivalente Numérico da Envoltória (EqNumEnv) representa análise final do desempenho térmico da envoltória. A residência atendeu a todos os pré-requisitos, o projeto apresenta adequada ventilação natural e renovação de ar, ventilação cruzada e aproveitamento da iluminação natural.

■ Classificação do desempenho térmico dos ambientes de permanência prolongada do pavimento térreo da residência.

Tabela da classificação geral.

UH

Envoltória Verão

Envoltória Inverno

Aquecimento Água

EqNumEnv

Bonificações

Pontos

Classificação Final

UH

3,73

B

3,51

B

5

A

3,65

B

0,51

4,63

A

A residência obteve classificação final nível A, com pontuação igual a 4,63, maior ou igual à pontuação limite de 4,5 para classificação A.

Tabela do nível de eficiência de acordo com a pontuação obtida
PT ≥ 4,5 A
3,5 ≤ PT < 4,5 B
2,5 ≤ PT < 3,5 C
1,5 ≤ PT < 2,5 D
PT < 1,5 E

 

 

█ TODAS IMAGENS

160_moreias

[img src=http://eduardofaust.com/wp-content/flagallery/160_moreias/thumbs/thumbs_160-MOD-Maquete-vector_pavto_sup_02.jpg]23280
[img src=http://eduardofaust.com/wp-content/flagallery/160_moreias/thumbs/thumbs_160-MOD-Maquete-vector_CORTE_01.jpg]6350
[img src=http://eduardofaust.com/wp-content/flagallery/160_moreias/thumbs/thumbs_160 GRAF Conceitol.jpg]6230
[img src=http://eduardofaust.com/wp-content/flagallery/160_moreias/thumbs/thumbs_160-MOD-Maquete-vector_terreo_01.jpg]6180
[img src=http://eduardofaust.com/wp-content/flagallery/160_moreias/thumbs/thumbs_160_01.jpg]4980
[img src=http://eduardofaust.com/wp-content/flagallery/160_moreias/thumbs/thumbs_160_10.jpg]4080
[img src=http://eduardofaust.com/wp-content/flagallery/160_moreias/thumbs/thumbs_160_11.jpg]3620
[img src=http://eduardofaust.com/wp-content/flagallery/160_moreias/thumbs/thumbs_160_12.jpg]3630
[img src=http://eduardofaust.com/wp-content/flagallery/160_moreias/thumbs/thumbs_160_13.jpg]3730
[img src=http://eduardofaust.com/wp-content/flagallery/160_moreias/thumbs/thumbs_160_14.jpg]3290
[img src=http://eduardofaust.com/wp-content/flagallery/160_moreias/thumbs/thumbs_160_15.jpg]3240
[img src=http://eduardofaust.com/wp-content/flagallery/160_moreias/thumbs/thumbs_160_16.jpg]3510
[img src=http://eduardofaust.com/wp-content/flagallery/160_moreias/thumbs/thumbs_160_2.jpg]3530
[img src=http://eduardofaust.com/wp-content/flagallery/160_moreias/thumbs/thumbs_160_3.jpg]3340
[img src=http://eduardofaust.com/wp-content/flagallery/160_moreias/thumbs/thumbs_160_4.jpg]3210
[img src=http://eduardofaust.com/wp-content/flagallery/160_moreias/thumbs/thumbs_160_5.jpg]3090
[img src=http://eduardofaust.com/wp-content/flagallery/160_moreias/thumbs/thumbs_160_6.jpg]3090
[img src=http://eduardofaust.com/wp-content/flagallery/160_moreias/thumbs/thumbs_160_7.jpg]2970
[img src=http://eduardofaust.com/wp-content/flagallery/160_moreias/thumbs/thumbs_160_8.jpg]2850
[img src=http://eduardofaust.com/wp-content/flagallery/160_moreias/thumbs/thumbs_160_DET_gcescada.jpg]3510
[img src=http://eduardofaust.com/wp-content/flagallery/160_moreias/thumbs/thumbs_160_DET_movel_sala.jpg]3290
[img src=http://eduardofaust.com/wp-content/flagallery/160_moreias/thumbs/thumbs_160_DET_piscina02.jpg]3340
[img src=http://eduardofaust.com/wp-content/flagallery/160_moreias/thumbs/thumbs_160_DET_sala.jpg]2880
[img src=http://eduardofaust.com/wp-content/flagallery/160_moreias/thumbs/thumbs_160_IMG_01-01-2010_03.jpg]2740
[img src=http://eduardofaust.com/wp-content/flagallery/160_moreias/thumbs/thumbs_160_IMG_01-01-2010_04.jpg]2730
[img src=http://eduardofaust.com/wp-content/flagallery/160_moreias/thumbs/thumbs_160_IMG_01-01-2010_06.jpg]2960
[img src=http://eduardofaust.com/wp-content/flagallery/160_moreias/thumbs/thumbs_160_IMG_01-01-2010_07.jpg]3240
[img src=http://eduardofaust.com/wp-content/flagallery/160_moreias/thumbs/thumbs_160_IMG_01-01-2010_08.jpg]3120
[img src=http://eduardofaust.com/wp-content/flagallery/160_moreias/thumbs/thumbs_160_det_gc.jpg]3360

█ █ █ MÍDIA

 

█ PROGRAMA CASA E CIA

 

█ REVISTA MERCATO IMMOBILIARE | FEV-MAR-ABRIL/2012 Casa Átrio

pic.twitter.com/dBoi3vlx

█ REVISTA AAI – RS | SET-OUT-NOV-DEZ/2012 Casa Átrio