Navigation Menu+

■ Igreja Matriz São Pedro

Posted on set 11, 2017 by in 01 |█ RELIGIOSA/IGREJA

■ Localização | Sorriso MT
■ Diocese de Sinop – Paróquia São Pedro
■ Pároco | Padre Valdir Koch
■ Autor | Arq Eduardo Faust
■ Projetos | FAUST arquitetura & engenharia
■ Equipe | Arq Egvar; Arq Gustavo; Arq Renato

A cidade de Sorriso é chamada de capital do agronegócio e a maior produtora de soja do mundo, em meras três décadas, ele deixou de ser uma vila para tornar-se uma cidade de oitenta mil habitantes, este crescimento fez rapidamente o edifício da Igreja matriz [construída de forma provisória] tornar-se pequeno e inadequado aos novos padrões da cidade.

O projeto da nova Igreja conta com a Igreja matriz São Pedro e uma Igreja secundária [Igreja Santa Teresinha]  estão no mesmo espaço, somando 3400,00m2.

■ O edifício, espaços e invólucro.  

A arquitetura é uma releitura do gótico e do românico tardio. Podemos ver estas características nos seguintes pontos:

Colunatas com arcos de plena cintra dando ritmo a toda edificação;

 

Edifício em formato cruciforme. Podemos ver o formato da cruz [interna e externamente] porém resolvi a estrutura de forma diferente das antigas Igrejas de pedra, mais leve e sem pilares ao centro, fazendo uso do sistema construtivo atual.

Fachada com dois campanários e nave central com rosácea. Nesta fachada fiz uma mescla compositiva entre desenho contemporâneo e a simplicidade do românico.

Simbologia da Rosácea: “Graças à ternura e misericórdia de nosso Deus, que nos vai trazer do alto a visita do Sol nascente, que há de iluminar os que jazem nas trevas e na sombra da morte e dirigir os nossos passos no caminho da paz.” Lucas 1:78,79

As Igrejas do românico tardio e do gótico possuem belas fachadas de fundos, utilizei estas composições como base para a entrada da Igreja menor que seria “os fundos” da Igreja Matriz.

Uso de abside com cúpula e colunata, são elementos que acompanham os edifícios católicos desde o século IV. Além da tradição, adotei este elemento para dar ênfase a capela do santíssimo e emoldurar o presbitério, além de fazer a transição do volume da Igreja matriz para a igreja menor.

 

■ As chaves 

“Eu te darei as chaves do Reino dos céus: tudo o que ligares na terra será ligado nos céus” Mateus 16:19
Vemos em e pontos as chaves de São Pedro:

Na fachada escrevendo na paisagem urbana que ali se situa um edifício religioso, religião do latim religare, ligar o homem a Deus – “(…)tudo o que ligares na terra será ligado nos céus.”

Logo ao adentrar, no átrio, marcando a entrada do profano para o sagrado

Sob o santíssimo, sendo no corpo de Cristo nossa ligação entre a terra e o céu.

■ Presbitério 

Altar centro da liturgia está disposto ao centro convidando a assembleia ao grande banquete pascal.

 

Do altar brotam os quatro rios do paraíso que geram os oceanos da terra.

O mesmo piso que simboliza os 4 rios formam uma cruz com o cordeiro de Deus [o altar do sacrifício] ao centro.

■ Capelas 

Batistério | Pia batismal em formato de cruz nos remete ao período paleocristão, na igreja foi relida e está adequada a batismos por imersão e aspersão tanto de crianças como de adultos. Agradeço a artista Mari Bueno.

 

Santíssimo, além da chave já citada, 8 linhas levam ao sacrário, simbolizando o oitavo dia.

 


Nossa Senhora do Sorriso [padroeira da cidade] e São Pedro [padroeiro da paróquia] possuem duas capelas voltadas para o altar.

 

■ Igreja Santa Teresinha – Igreja Menor

 

 

 

 

 

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *